Terça, 28 de Setembro de 2021
23°

Poucas nuvens

Paranavaí - PR

Cidades Justiça

Publicitário promove "vaquinha virtual" para pagar condenação de R$ 50 mil do prefeito Delegado KIQ

A ação de indenização por danos morais foi movida pelos jornalistas Jorge Roberto Pereira da Silva e Chico Ramos no início de 2018

14/09/2021 às 13h57 Atualizada em 14/09/2021 às 17h30
Por: Benedito Praxedes Jr.
Compartilhe:
O portal Noroeste Acontece tentou entrar em contato com o prefeito KIQ, que está em Curitiba
O portal Noroeste Acontece tentou entrar em contato com o prefeito KIQ, que está em Curitiba

O publicitário Andreoni Camargo, "amigo e responsável pelas redes sociais do prefeito Delegado KIQ",  lançou hoje na internet, uma "vaquinha virtual" para arrecadar recursos para pagar uma condenação na justiça de uma ação de indenização por danos morais, movida em 2018 pelos jornalistas Jorge Roberto Pereira da Silva e Francisco Antonio Andrello Lopes Ramos (Chico Ramos). A ação deve custar, entre correções e custas, aproximadamente R$ 50 mil, e diz respeito a ofensas publicadas na internet pelo Delegado KIQ por causa de uma postagem feita no Blog do Taturana pelos jornalistas.

Segundo postagem de Andreoni, "como todos sabem, o KIQ utiliza de suas redes sociais para informar a população e combater a velha política. Em um desses casos, foi processado e condenado a pagar um valor que com as correções e custas somam aproximadamente R$ 50 mil".

O publicitário acrescentou que "quem conhece o KIQ sabe da sua honestidade e que ele não tem uma situação financeira abastada. Por isso, juntamente com outros amigos dele, fizemos essa vaquinha para levantar o valor das custas do processo em que acreditamos ser injusto, para que ele não precise se desfazer da sua guitarra e fusca para levantar esse valor".

O portal NOROESTE ACONTECE tentou contato com o prefeito Delegado KIQ, que está em Curitiba, mas não obteve resposta.

O link para doação: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/paranavai-delegado-kiq

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias